Não deixe seus livros parados na estante. Troque seus livros com 200 mil leitores. Participe!
Lealdade - vol. 1
Categoria
ISBN 8501059404
ISBN-13 9788501059406
Edição 1 / 2001
Idioma Português
Páginas 253
Estante 0  0  0   0
Compre na Amazon Prime

LEALDADE - VOL. 1

Marcio Souza
28% chance de ser solicitado
Record

Compre na Amazon Prime

Sinopse
O livro é o primeiro de sua tetralogia sobre a província do Grão-Pará e Rio Negro. Nessa saga, Márcio começa a contar a história do Brasil através da vida de uma família do norte, à exemplo de O tempo e o vento, de Érico Veríssimo, ao qual presta uma homenagem. No entanto, ao contrário de Veríssimo - que constrói uma nação sob a ótica sulista -, Márcio Souza foca a desconstrução de uma império: somente em 1823 a Província do Grão-Pará e Rio Negro foi incorporada ao Reino Unido do Brasil, com interferência de tropas portuguesas. Em , os leitores acompanham a vida de Fernando, um militar nascido na colônia portuguesa do Grão-Pará. Idealista e tomado pela febre de liberdade que assola o país no rastro do grito de 1822, ele acredita e luta pela por um Grão-Pará independente. Mas, em 1823, Fernando vê seus sonhos caírem por terra com a brutal interferência de mercenários a soldo do Império do Brasil. O então imperador D. Pedro I via no norte uma forma de ampliar as fronteiras de seu território. Já para os habitantes da região, a anexação foi um retrocesso, acostumados que estavam com avançados ideais políticos. A narrativa acompanha a tentativa do povo do Grão-Pará de tomar nas mãos seu próprio destino, com um levante: é a revolução da Cabanagem - a maior e mais extensa insurreição popular da América do Sul, que declarou a República e aboliu a escravidão.

Solicitar Tenho Procuro


AVALIAÇÃO DO LIVRO

0.0
(0) votos

ADICIONAR REVIEW

Seja o primeiro a fazer um review deste livro. Motive outros a lerêm o livro.

TÍTULOS SIMILARES
REVOLTA Viagem ao Rio Grande do Sul GUIA DO BARISTA DA ORIGEM DO CAFE AO EXPRESSO Anavilhanas: o Jardim do Rio Negro Manual prático de arquitetura hospitalar


QUEM DESEJA ESTE TAMBÉM DESEJA