Não deixe seus livros parados na estante. Troque seus livros com 200 mil leitores. Participe!
Cintilações Francesas
Categoria
ISBN 8586372935
ISBN-13 9788586372933
Edição 1 / 2006
Idioma Português
Páginas 127
Estante 0  0  0   0

CINTILAÇÕES FRANCESAS

Gilberto Pinheiro Passos
1% chance de ser solicitado
Nankin

Sinopse
Este livro é mais um resultado das pesquisas que Gilberto Pinheiro Passos empreendeu, há anos, sobre o influxo francês na cultura letrada brasileira do século XIX. Nos quatro livros anteriores o autor analisou e interpretou esse influxo nos romances maduros de Machado de Assis, inclusive seu último estudo dedicado a Dom Casmurro, publicado pela Nankin Editorial em 2003 (Capitu e a mulher fatal). Os cinco ensaios reunidos neste volume integram a longa e produtiva história daquela pesquisa, em parte como assuntos colaterais, mas sempre como complementos inteligentes e enriquecedores. Assim, Machado de Assis retorna em três deles e José de Alencar também comparece. Porém, o mais longo dos ensaios deste livro é dedicado a revelar em detalhes a presença francesa na Revista da Sociedade Filomática. Essa revista, publicada entre julho e dezembro de 1833, teve seis números, sendo a voz pública mais conhecida e consistente daquela Sociedade, que -funcionou- na Faculdade de Direito de São Paulo, no largo de São Francisco. Contudo, só década de 1970 - cento e quarenta anos depois! - a revista foi exumada de um longo sono e mereceu o estudo posterior de Gilberto Pinheiros Passos, que ora se publica. No dizer preciso do autor, a vida da Sociedade Filomática (= amigo das ciências e do conhecimento) se deveu ao ?entusiasmo da juventude acadêmica com a Independência e a liberdade política, aliado à consciência do atraso em que nos encontrávamos - fator ponderável na empresa estudantil " e marcaram o surgimento de ambas (revista e Sociedade). Era uma tentativa de promover nosso desenvolvimento cultural, colocando nosso país em condições de absorver o que se passava em núcleos mais desenvolvidos." Aliás, mesmo na Europa, em diferentes países, floresceram sociedades filomáticas. E neste livro encontram-se também informações preciosas sobre o modo como Alencar e Machado liam e adaptavam autores franceses, revelando-se mesmo fontes francesas para títulos de romances machadianos. Contudo, a inteligência e sensibilidade de Gilberto Pinheiros Passos nada toma como se os autores brasileiros fossem reles imitações dos autores franceses. Sobretudo demonstra como se estabeleceu um diálogo rico, com conseqüências e poder sugestivo e criativo para a literatura brasileira.

Solicitar Tenho Procuro


AVALIAÇÃO DO LIVRO

0.0
(0) votos

ADICIONAR REVIEW

Seja o primeiro a fazer um review deste livro. Motive outros a lerêm o livro.

TÍTULOS SIMILARES
Despertar na Era da Criatividade: Passos de Desenv. Encontros e Desencontros A República dos Vencidos Aprenda em 24 Horas Microsoft Office XP O Homem Espiritual


QUEM DESEJA ESTE TAMBÉM DESEJA