Não deixe seus livros parados na estante. Troque seus livros com 200 mil leitores. Participe!
O Canto do Pássaro
Categoria
ISBN 8501047546
ISBN-13 9788501047540
Edição 1 / 1998
Idioma Português
Páginas 560
Estante 0  0  1   0

O CANTO DO PÁSSARO

Sebastian Faulks
89% chance de ser solicitado
Record

Sinopse
´é um romance de amor e guerra, e uma reflexão sobre como os maiores horrores apagam-se tão facilmente da memória coletiva. Os horrores da Primeira Guerra, o primeiro dia no campo de batalha, os loucos esquemas do Estado Maior, o sofrimento e os medos dos homens comuns e de seus oficiais, as cartas enviadas e recebidas de casa, a incompreensão da guerra, tudo é mostrado pelo autor de um modo poderosamente incomum.

Solicitar Tenho Procuro


AVALIAÇÃO DO LIVRO

4.0
(1) votos

ADICIONAR REVIEW

Priscilla akao Mori
O aluguel de um quarto é o estopim das transformações pelas quais Wraysford terá que passar. Seu anfitrião, Azaire, é um fabricante próspero, unido em segundas núpcias com Isabelle, madrasta de seus filhos adolescentes. Encantado pela bela mulher de cabelos presos, pele clara e olhar inquieto, o jovem inglês vê, repentinamente, suas prioridades invertidas. Ele agora está em Amiens não pelo seu futuro profissional, mas pelo presente, pela paixão. Wraysford e Isabelle se envolvem de forma quase obsessiva. Ela deixa o marido, mas depois, grávida e amargurada, decide-se pela segurança de um casamento estável, ainda que sem amor.

Priscilla akao Mori
Não é minha a resenha,mas está bem feita: "Não tenho muita familiaridade com romances de guerra, mas os relatos de combate e as descrições do cotidiano nas trincheiras francesas durante a Primeira Guerra Mundial em O Canto do Pássaro me impressionaram. Sebastian Faulks escreve como se a partir de uma experiência pessoal. Desse modo, as relações entre os patrulheiros nunca soam falsas, ou com o intento de puramente chocar e sensibilizar o leitor de maneira fácil, com artifícios bobos tão comuns no cinema de gênero. A geografia da batalha e as estratégias dos exércitos são verossímeis e revelam a pesquisa bem feita do autor. A opção de acompanhar um conjunto de soldados que operam sobre a superfície, cavando túneis e depositando minas, se mostra acertada no sentido de potencializar o horror da guerra. Dividido em sete partes, alternando França, no início do século XX e Inglaterra, nos anos 70, O Canto do Pássaro inicia-se apresentando um jovem órfão inglês, Stephen Wraysford, que durante sua estadia na mansão de um fabricante de tecidos francês, a trabalho, seduz a matriarca da família, provocando uma série de acontecimentos, que serão interrompidos pela Primeira Guerra Mundial. As seções na Inglaterra focam em um dos descendentes de Stephen e na sua busca por informações quanto ao papel de seu antepassado no conflito. Essa determinação da personagem é explicada pela necessidade de conhecer os laços familiares antigos a fim de obter uma justificativa para dar continuidade a linhagem. Mas essa relação nunca fica bem estabelecida, e um cumprimento de uma promessa no fim do livro soa até um tanto embaraçoso. Mas isso é muito pouco, considerando os acertos do romance, principalmente quando aborda a jornada trágica de Stephen e seus companheiros de trincheira, denunciando, dessa forma, a desumanização típica da guerra."



QUEM DESEJA ESTE TAMBÉM DESEJA