Não deixe seus livros parados na estante. Troque seus livros com 200 mil leitores. Participe!
Erico Veríssimo
Categoria
ISBN 8565909093
ISBN-13 9788565909099
Edição 1 / 2012
Idioma Português
Páginas 80
Estante 0  0  0   0

ERICO VERÍSSIMO

Aldemar Luiz Naclerio Torres
1% chance de ser solicitado
Age

Sinopse
Dois grandes projetos editoriais fazem parte da história cultural e comercial do livro no Brasil. De um lado, Monteiro Lobato, na Revista do Brasil e na Companhia Editora Nacional - São Paulo, através da Biblioteca Pedagógica Brasileira. De outro, Erico Verissimo, na Livraria do Globo, editor e tradutor que, através de várias coleções, realizou um dos mais consistentes projetos culturais já concebidos e realizados no Brasil em todos os tempos. Revelando-se um editor ousado e atento, ajudou a cunhar um projeto cultural que levou o leitor brasileiro a uma viagem através da literatura de língua inglesa. A atuação de Erico como editor e tradutor se deu em várias frentes, entre as quais se destacam neste trabalho: conferências, traduções próprias, estímulo às traduções alheias, coleções (Amarela, Sagitário, Nobel, Somerset Maugham, Biblioteca Nanquinote, Tapete Mágico, Biblioteca dos Séculos, Universo, Tucano e Catavento), revista A Novela, edição de autores nacionais, viagem para lecionar na Universidade de Berkeley, na Califórnia, visita ao México e a filmografia baseada em obras editadas e/ou traduzidas por Erico Verissimo. Seguem amostras dos resultados desse trabalho.Paulo Flávio Ledur - Editor A ideia desta publicação data do ano 2000, quando a AGE editou Conversa de Livraria, de Carlos Drummond de Andrade, que reúne crônicas publicadas em diversos periódicos. Numa delas, Drummond, sob o pseudônimo de O Observador Literário, afirma em sua coluna "Conversa de Livraria", na revista Euclydes (Rio de Janeiro, vol. II, n.o 11, de 1.o de fevereiro de 1941): "Erico Verissimo levou à Associação Brasileira de Imprensa uma grande assistência, entretendo-a com a sua interessante Viagem Através da Literatura Americana. Erico é um romancista cada vez mais acatado. E cada vez mais lido, mais amado do público." A ideia ganhou força no espírito de bibliofilia de Waldemar Torres, pois, segundo ele, "a bibliofilia só existe se houver compartilhamento", não apenas com outros bibliófilos, mas também, e principalmente, com o grande público. Em Leituras de Drummond, Edmilson Caminha afirma: "Waldemar Torres é muito mais que um colecionador de livros: é um grande bibliófilo, da linhagem seleta a que pertencem Rubem Borba de Moraes, Plínio Doyle e José Mindlin. Como os três, Waldemar Torres não tem pela biblioteca o apego doentio, o ciúme patológico dos que amontoam livros apenas pelo ganho que lhes possam render." Efetivamente, Waldemar tem como princípio a disponibilidade e o compartilhamento do acervo: "A biblioteca deve estar a serviço da obra e do autor, à disposição do público, jamais a serviço do proprietário ou organizador". Como tenho o privilégio de conviver com o autor deste livro desde que ele escolheu Porto Alegre para viver e compartilhar seu incomparável acervo de literatura brasileira, posso testemunhar que Waldemar Torres põe em prática o que prega sobre bibliofilia, extrapolando em muito o conceito original de bibliófilo (amigo do livro), pois, além de amigo do livro, Waldemar é amigo dos amigos do livro; não espera outra recompensa senão a de estender os benefícios de seu acervo a toda gente. Erico Verissimo: Editor e Tradutor veio para, a partir do acervo de Waldemar Torres, documentar uma atividade de Erico pouco conhecida das novas gerações, que têm nele apenas um grande escritor e contador de histórias, mas ignoram seu trabalho de editor e tradutor. Como editor, devem-se a ele, entre outras realizações: a introdução no Brasil da literatura de língua inglesa, o que transformou os rumos editoriais do país; o lançamento de escritores do porte de Mario Quintana e Dyonélio Machado; e a preservação de autores hoje consagrados, como Oswald de Andrade, Jorge de Lima e Simões Lopes Neto. Ao tradutor Erico Verissimo são devidas dezenas de traduções de clássicos da literatura de língua inglesa. Destaque-se ainda que Erico contratou traduções de consagrados escritores brasileiros, como Cecilia Meireles, Carlos Drummond de Andra.

Solicitar Tenho Procuro


AVALIAÇÃO DO LIVRO

0.0
(0) votos

ADICIONAR REVIEW

Seja o primeiro a fazer um review deste livro. Motive outros a lerêm o livro.

TÍTULOS SIMILARES
Castro Maya: Bibliófilo As Aventuras de Tibicuera A tribo jornalística de Erico Verissimo UM CERTO CAPITÃO RODRIGO O Marquês


QUEM DESEJA ESTE TAMBÉM DESEJA