Gabriela Lima
Busco livros narrem duas épocas diferentes

Recomendações

Sinopse
A viajante do tempo, da norte-americana Diana Gabaldon, foi disputado por cinco editoras, e traduzido para 22 países. Trata-se do primeiro livro da série Outlander sobre o casal de viajantes Jamie e Claire. Os cinco volumes da saga histórica já venderam mais de 12 milhões de exemplares e prometem conquistar os leitores com as peripécias do intrépido casal de protagonistas, vividas nas highlands escocesas do século XVIII. A inusitada trama descreve a trajetória de Claire, que viaja em lua-de-mel c ...


Luísa Lima
Eu nunca li os livros, mas sou apaixonada na série. É um romance sobre viagem no tempo. Apaixonante.

comentar

Sinopse
Eco compõe uma sinfonia à memória, focalizando a falta e a perda da capacidade de lembrar. O autor visita seu próprio passado por meio do personagem Yambo, comerciante de livros antigos, sofisticado e erudito bibliófilo que passa a sofrer de amnésia depois de um acidente. Com a chamada memória afetiva em pane, não reconhece nem a mulher. Assim, percorre um acervo de lembranças infantis, evocando livros, histórias em quadrinhos, jornais antigos, discos e velhas canções em uma narrativa acessível e ...


Priscilla akao Mori
Imagine acordar um dia e perceber que você perdeu a memória. Não sabe onde está, como se chama, quem é sua mulher (ou marido), se é casado ou não, quem são - se é que existem - seus filhos... É o que acontece com Yambo, o protagonista do novo romance de Umberto Eco, "A Misteriosa Chama da Rainha Loana". Yambo lembra-se de Waterloo, de como se dirige um automóvel e se escova os dentes, mas não lembra quem ele é. Permanece a memória semântica (sabe tudo que leu sobre Napoleão ou Julio César e consegue citar trechos inteiros da Divina Comédia) e automática, mas perdeu-se a memória afetiva, o que constitui seu ser e sua própria história. Depois do coma que causou a amnésia, por recomendação médica, Yambo viaja para a casa de campo que fora de seu avô - um colecionador de tralhas, quinquilharias, jornais e revistas antigas -, nas montanhas do Piemonte, onde passou grande parte de sua infância e adolescência. E é lá que Yambo, na verdade Giambattista Bodoni, um comerciante de livros antigos já na meia-idade, mergulha em sua própria vida. Com a ajuda de músicas, odores, livros e quadrinhos, coisas que viu e tocou há sessenta anos, Yambo tenta retornar para o presente. De Flash Gordon e Dick Tracy ao primeiro amor, Umberto Eco resgata sua própria juventude, misturando-se, página a página, com seu protagonista. Justificando o subtítulo, Romance ilustrado, Eco passou dois anos à procura de imagens e ícones que representassem a memória de Yambo (e a sua própria). "A Misteriosa Chama da Rainha Loana" recompõe a história da Itália dos anos 1930 e 40. Eco traz à tona histórias de Julio Verne; discos de 78 rotações; figurinhas de álbuns famosos; gibis; as obras de Emilio Salgari; canções populares, por onde passam jovens frágeis e inesquecíveis (Signorinella pallida), outras, apaixonadas (C eravamo tanti amati), ousadas, patriotas (Le ragazze di Trieste); além dos hinos fascistas, com suas promessas de perenes primavera e juventude (Primavera, Giovinezza), visando ao fortaleciment

comentar

Sinopse
Boston, 1830. Para pagar seus estudos, Norris Marshall, um estudante de medicina talentoso, mas sem recursos financeiros, integra as fileiras dos “ressurreicionistas” — saqueadores de tumbas que negociam cadáveres no mercado negro. Contudo, até mesmo esse mórbido comércio parece insignificante diante do corpo mutilado de uma enfermeira encontrado no terreno do hospital universitário. Quando um médico conceituado sofre o mesmo destino, Norris descobre que seu ganha-pão ilícito o transformou no pri ...


Tiago De oliveira almeida
Stephen King disse sobre a autora: "Tess Gerritsen é leitura obrigatória em minha casa". Esse livro é uma das melhores narrativas que já li. Abaixo resumo: Mais um suspense incansável com perfeita reconstituição de época, romance que confirma o talento primoroso de Tess Gerritsen. Boston, 1830. Para pagar seus estudos, Norris Marshall, um estudante de medicina talentoso, mas sem recursos financeiros, recorre a um trabalho junto a saqueadores de tumbas que negociam cadáveres no mercado negro. Contudo, após dois corpos serem encontrados no terreno do hospital universitário, Norris descobre que seu ganha-pão ilícito o transformou no principal suspeito dos crimes. Ao lado da única testemunha que viu o assassino, o estudante vasculha a cidade em busca do maníaco e da prova de sua inocência. Massachusetts, dias atuais. Julia Hamill fez uma descoberta terrível em sua nova casa no interior: um crânio enterrado no jardim. Humano, feminino e, de acordo com a patologista Maura Isle, com traços inconfundíveis de homicídio. Quem quer que tenha sido ou o que tenha acontecido com aquela mulher, é algo perdido no passado. O jardim de ossos intercala habilmente a história de protagonistas dos séculos XIX e XXI, desvendando os mistérios obscuros através do tempo e do espaço.

Adorei! Vou procurar pra ler. Obrigada pela indicação! - Gabriela
comentar

Sinopse
Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa - ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é a ...


Larissa Da silva santos
Ela é do ano de 2010 e vai parar em 1830, e tem que aprender a conviver lá até encontrar um jeito de voltar pra casa.

Já li e adoro :D - Gabriela
comentar

Sinopse
Em Bruges durante a Renascença Anne foge no dia de seu casamento. Hanna mora na Viena imperial e acaba de se casar com um membro da elite local. Mas o que seria o começo de um final feliz é motivo de angústia para ela. Já Anny, nos dias de hoje, tem tudo o que se poderia desejar: dinheiro, beleza e sucesso. Tudo, menos felicidade. Três mulheres, três épocas, três histórias, o mesmo sentimento de inadequação. Schmitt narra de forma brilhante a jornada de personagens inquietas que buscam a verdade ...


Priscilla akao Mori
Resenha de Ana Paula11/05/2014 Por trás do ESPELHO A Mulher no Espelho é na verdade 3 em 1. Conta as histórias de 3 mulheres, 3 tempos, 3 realidades e uma única verdade: A BUSCA DA SUA ESSÊNCIA que cada uma identifica com base no espaço-tempo a que pertencem. As histórias são envolventes, cada uma à sua maneira. Muitas vezes me identifiquei com as personagens.Em determinadas situações mais com uma do que com as outras ainda que suas vidas fossem aparentemente tão diferentes. O autor soube de maneira inteligente prender o meu interesse na leitura do inicio ao fim. Usou do artificio de intercalar os capítulos entre as 3 personagens Anne, Hanna e Any- e, aos poucos, ir revelando e fornecendo dados para que o perfil psicológico fosse sendo construído. Interessante ressaltar que para uma das personagens Hanna, Eric-Emmanuel Schimitt usou com maestria a forma de confidencias feitas por cartas à sua amiga e confidente quebrando um pouco o ritmo da leitura. A história desperta o interesse de maneira crescente até chegarmos ao desfecho final:Criativo,surpreendente,improvável,impensado. Essa leitura me fez refletir sobre os sonhos.Sobre sermos capazes de reconhecer em nós não o que vemos refletido no espelho,a imagem que mostramos aos outros, mas o que realmente somos: AMOR. Livro gostoso de ler. Recomendo! bjs e boa leitura!

comentar

Sinopse
Julie Jacobs e sua irmã gêmea, Janice, nasceram em Siena, mas, desde que seus pais morreram, foram criadas nos Estados Unidos por sua tia-avó Rose. Quando Rose morre, deixa a casa para Janice. Para Julie restam apenas uma carta e uma revelação surpreendente - seu verdadeiro nome é Giulietta Tolomei. A carta diz que sua mãe havia descoberto um tesouro familiar muito antigo e misterioso. Intrigada, Julie parte para Siena. Mas tudo o que a mãe deixou foram papéis velhos - um caderno com diversos esb ...


Alice josiane De souza
Estou lendo este no momento, e até agora estou adorando, ele narra duas épocas diferentes, a Siena de 1340, e a de 2010. Na primeira conhecemos a verdadeira história que aconteceu com Romeu e Julieta, e na segunda a gente vive com a personagem principal tentando desvendar os mistérios que cercam ela, a família dela e a história de Julieta de 1340. Super recomendo!

comentar


Sua Recomendação




Todas as Perguntas Fazer Pergunta