Caroline Dos santos m. da silva
Livros para conhecer e entender mais sobre a cultura de países asiáticos, principalmente japão, china e coréia do sul.

Recomendações

Sinopse
Em um vilarejo extremamente pobre do nordeste da China, um jovem camponês está sentado em sua velha e frágil carteira escolar, mais interessado nos pássaros lá fora do que no Livro Vermelho de Mao e nas pobres palavras nele contidas. Naquele dia, porém, homens estranhos chegam à escola - os delegados culturais de madame Mao. Estão à procura de jovens camponeses que, depois de receberem a formação necessária, possam tornar-se os fiéis guardiões da grande visão de Mao. O garoto observa um dos coleg ...


Aline Weigel
Em um vilarejo extremamente pobre do nordeste da China, um jovem camponês está sentado em sua velha e frágil carteira escolar, mais interessado nos pássaros lá fora do que no 'Livro Vermelho de Mao' e nas pobres palavras nele contidas. Naquele dia, porém, homens estranhos chegam à escola - os delegados culturais de madame Mao. Estão à procura de jovens camponeses que, depois de receberem a formação necessária, possam tornar-se os fiéis guardiões da grande visão de Mao.

Obrigada, gostei da dica! - Caroline
comentar

Sinopse
Os personagens desse romance vivem em um Japão completamente transformado pelo capitalismo e se sentem solitários, excluídos da sociedade moderna. A história tem dois protagonistas - o adolescente Kafka Tamura, que foge da casa onde vive com o pai para encontrar a mãe e a irmã, e o deficiente mental Satoru Nakata, um homem de sessenta anos que tem a habilidade de falar com gatos. As duas histórias são contadas de forma paralela, alternando-se ao longo dos capítulos, até convergirem no final.


Aline Weigel
Haruki Murakami é o autor japonês mais popular de sua geração, com livros traduzidos em 34 idiomas. Assim como em Norwegian Wood, lançado no Japão em 1987 e 4 milhões de exemplares vendidos no país, os personagens de Kafka à beira-mar – que também é o nome de uma canção – vivem em um Japão completamente transformado pelo capitalismo e se sentem solitários, excluídos da sociedade moderna. “Sempre me interesso por pessoas que se põem à margem da sociedade, que se retiraram dela. A maioria dos personagens em Kafka à beira-mar está, de uma forma ou de outra, marginalizada. E Nakata, definitivamente, é uma dessas”, explica o autor.

Obrigada, gostei da dica! - Caroline
comentar

Sinopse
Um pescador viuvo oferece as filhas,uma delas com apenas sete anos,para que se tornem gueixas.O destino parecia estar tracado,ainda em plena infância. No entanto,o tempo mostrara a determinacao de uma menina-mulher em se tornar uma das mais famosas gueixas.


Amanda Aparecida pereira
O livro retrata bastante a cultura japonesa, de forma envolvente e detalhada. Tem também o filme, caso goste de ler e ver as adaptações que se tem.

Obrigada, gostei da dica! Achei interessante - Caroline
comentar

Sinopse
A dramática jornada de um prisioneiro da Coreia do Norte rumo à liberdade no Ocidente Shin Dong-hyuk nasceu e cresceu no Campo 14, um dos imensos complexos destinados a presos políticos da Coreia do Norte. Seus residentes estão condenados a trabalhar até 15 horas por dia, sofrendo fome e frio, sujeitos a uma rotina de violências sumárias - aos 13 anos, Shin assistiu à execução da mãe e do irmão mais velho por tentarem escapar. De lá, ninguém foge. Existe apenas uma exceção. Determinado ...


Priscilla akao Mori
O livro é narrado pelo jornalista Blaine Harden (autor do livro) que encontrou e entrevistou por alguns anos Shin Dong-Hyuk, segundo ele, que nasceu e cresceu em um campo de trabalhos forçados na Coreia do Norte (conta suas memórias desde os 4 anos, idade no qual ele tem a memória mais antiga da vida) e fugiu de lá aos 22 anos. A história de Shin é triste e apavorante, em certo momento do livro achei que estava lendo uma ficção distópica, é surreal demais tudo que é narrado, não só surreal como apavorante. Não foi um momento propício para ler esse livro, me deixou extremamente angustiada e triste, algumas noites mal dormi pensando em tanta atrocidade que acontece no mundo, mas também foi impossível parar de ler. Além da vida de Shin, o autor coloca como pano de fundo a história da Coreia do Norte, até do que é possível averiguar, visto que a Coreia do Norte é um dos países mais fechados do mundo, sendo assim a própria história de Shin não é possível de ser confirmada. De qualquer forma, o número assombroso de desertores e fugitivos da Coreia do norte confirma que algo não vai bem naquele país, e o ocidente e os vizinhos da Coreia do Norte assistem com passividade os atos de crueldade e violação de direitos humanos impostos pelo governo norte coreano. Outro fato que me chamou a atenção, foi ao final do livro, quando o autor conversa com psicólogos que atendem desertores da Coreia do Norte em um centro de reabilitação na Coreia do Sul e comentam quão difícil é a adaptação dessas pessoas a essa nova realidade, já foi bem difícil pra mim suportar a leitura da narração do estado psicológico de Shin que não aprendeu coisas básicas como afeição, amor, companheirismo ou perdão, ele mesmo fala que está tentando ser humano o que é inconcebível e cruel demais de imaginar, além do fato de que outras pessoas possam estar passando ainda hoje pelas crueldades que ele mesmo passou.

Obrigada, gostei da dica! Achei bem interessante. - Caroline
comentar

Sinopse
A autora Lisa See, ela mesma uma sino-americana, recria para os leitores a realidade à qual foi submetida a maioria dos chineses durante duas décadas. O livro conta a trajetória de duas irmãs, que deixam a vida luxuosa na cidade chinesa, em direção aos Estados Unidos, depois que o pai perde tudo no jogo e os japoneses invadem o país, durante o período de 1937 a 1957. A história é narrada sob o ponto de vista de Pérola, a irmã mais velha. É através de seu olhar que o leitor percorre 20 anos da vid ...


Priscilla akao Mori
Recomendável para aqueles que, assim como eu, amam a cultura oriental. Esse livro fala sobre a vida de duas jovens que levavam uma vida despreocupada e de certa forma liberal ( do ponto de vista Chinês, obviamente), tendo todas as economias e status social despedaçado pela jogatina desenfreada do pai. Após perder suas economias, as jovens são forçadas a casar com dois estranhos irmãos comerciantes, que moram nos EUA. E é justamente diante da recusa das jovens em seguir o velho padrão Chinês que a história começa e você já não consegue mais desgrudar do livro.... Eu recomendo! Foi um dos melhores livros do gênero que li! Essa escritora já é conhecida dentro do mundo cinéfilo com o filme "flor de neve e o leque secreto".

Obrigada, gostei da dica! Adorei, vou ler sim. - Caroline
comentar

Sinopse
Segundo romance da malasiana Rani Manicka, autora de Trilha de sonhos, a chegar ao Brasil pela Rocco, A amante do general japonês traz de volta um pouco dos costumes, da cultura e dos mitos orientais por meio da história de Parvathi, uma mulher de origem simples nascida no Ceilão que, ainda jovem, é vendida por seu pai a um malasiano rico. Com uma trama cheia de surpresas e uma prosa envolvente, a autora acompanha a trajetória desta personagem cativante que, apesar de não ter qualquer poder sobre ...


Francine Vacherski diniz nagao
Passa-se na segunda guerra................................

comentar

Sinopse
Quando Xu Sanguan, um operário de uma fábrica de seda, encontra-se em alguma dificuldade financeira séria, ele corre até o hospital da província para vender alguns mililitros de sangue. O procedimento é potencialmente letal, uma vez que é feito sem qualquer medida higiênica, mas isso não o afasta da sala do Chefe do Sangue Li, o homem responsável pela triagem que define quem pode ou não participar do negócio. Arbitrariedade, falta de higiene e corrupção fazem parte da história desses personagens ...


Ayumi Anraku
O livro conta como uma família pobre no interior da China sobrevive às dificuldades e se mantém unida. É interessante para conhecer o como a China muda com o passar dos anos.

Obrigada, gostei da dica! - Caroline
comentar

Sinopse
Edição traduzida diretamente do original japonês em edição bilíngüe. Com apresentação de Sensei Gosho Motoharu, nono mestre sucessor do Niten Ichi Ryu no Japão e revisão técnica do Sensei Jorge Kishikawa maior mestre do Niten Ichi Ryu no Brasil. Durante mais de 700 anos os samurais formaram a elite guerreira do Japão. Do século XI ao XIX o Japão teve na formação moral dos samurais a base de sua cultura. "O Livro dos Cinco Anéis - Gorin No Sho" é o mais importante tratado da formação do guerre ...


Debora Petry
Um dos maiores samurai, escreveu esse livro, como vencer uma batalha, tem bastante reflexões para o mundo atual

comentar

Sinopse
O gato Nana está viajando pelo Japão. Ele não sabe muito bem para onde está indo ou por que, mas ele está sentado no banco da van prata de Satoru, seu dono. Lado a lado, eles cruzam o país para visitar velhos amigos. O fazendeiro durão que acredita que gatos só servem para caçar ratos, o simpático casal dono de uma pousada que aceita animais, e o marido abandonado pela esposa que ama animais. Mas qual é o motivo dessa viagem? E por que todos estão tão interessados em Nana e Satoru? Ninguém sabe ...


Renata Cortinhas
Livro gostoso de ler e envolvente, além de ser ambientado no Japão.

comentar

Sinopse
Um tratado de artes marciais escrito no século XVII por Miyamoto Musashi, o samurai invencível, Gorin No Sho desenha os princípios do pensamento estratégico e sua aplicação em qualquer combate. Mais do que isso, porém, ele reflete o caminho do guerreiro na busca de sabedoria. E como Escreve Musashi: " Na travessia da vida, uma pessoa certamente terá de superar correntes críticas em muitos lugares. (...) Disposição para transpor obstáculos é necessária na travessia da vida - o que exige espírito s ...


Francine Vacherski diniz nagao
Não encontrei o livro aqui, mas leia o romance Musashi, que também é uma biografia da vida de um dos maiores samurais,recomendação do meu marido que é Sansei.

comentar

Sinopse
com descrição de 35 lugares no mundo para conhecer.


Sadi Martins servilha
tem das 35 reportagens ,uma sobre o japão ,uma sobre a tailândia,sobre tibete,sobre hong kong,sobre o saara, sobre o libano,,sobre meca na arabia saudita,sobre marrocos

Obrigada, gostei da dica! Achei bem interessante. - Caroline
comentar


Sua Recomendação




Todas as Perguntas Fazer Pergunta