Lilia matos
Livros sobre mulheres fortes

Recomendações

Sinopse
Através da interpretação de 19 lendas e histórias antigas, entre elas as de Barba-Azul, Patinho Feio, Sapatinhos Vermelhos e La Llorona, a autora procura identificar o arquétipo da Mulher Selvagem ou a essência da alma feminina, sua psique instintiva mais profunda. E propõe o resgate dese passado longínquo, como forma de atingir a verdadeira libertação.


Frances valéria costa Silva
A autora "conta histórias" das mulheres a partir de contos de fadas e outras histórias. Convida o leitor / leitora a compreender os arquétipos presentes em cada história e tece, numa escrita deliciosa, comentários sobre momentos em que as mulheres encarnando ou negando esses modelos arquetípicos se afastam / se reencontram a sua essência. É um convite a uma jornada de autoconhecimento a partir da leitura.

comentar

Sinopse
Este livro reúne textos de Celso Lafer, Eduardo Jardim de Moraes, Oswaldo Giacoia Junior, André Duarte, Olgária Matos, Edgar Lyra, Newton Bignotto, Nádia Souki, Bethânia Assy, José Eisenberg, Berenice Cavalcante, Claudia Drucker, Odilio Alves Aguiar, Adriano Correia, Heloisa Starling e Marcelo Jasmin. Os escritos interrogam os grandes temas arendtianos - o totalitarismo, o republicanismo, as revoluções modernas, o vínculo entre a vida do espírito, a ação e a moral - , relacionando, ainda, o pe ...


Daniela S.j


comentar

Sinopse
Pouco se menciona, nos registros históricos, sobre a brilhante atuação da primeira imperatriz brasileira na política do País. O grande poder de decisão e a perseverança de Leopoldina influenciaram na formação de novos caminhos para o Brasil, culminando com o famoso grito da Independência e a emancipação política do País. Extraído do livro Revelações Inéditas da História do Brasil.


Daniela S.j


comentar

Sinopse
Nise da Silveira é uma das mais fascinantes e inquietantes personalidades brasileiras. Como psiquiatra, iniciou um trabalho revolucionário a partir de seu inconformismo com as práticas psiquiátricas utilizadas na década d 1940, tais como eletrochoque, insulinoterapia, lobotomia, confinamento. Humanista e libertária, sua obra alcançou reconhecimento internacional pela criação do Museu de Imagens do Inconsciente e da Casa das Palmeiras. Esse livro reúne, na voz da própria Nise, suas idéias e histór ...


Borin Boccia


comentar

Sinopse
«En descendant de l'avion à Lagos, j'ai eu l'impression d'avoir cessé d'être noire.» Ifemelu quitte le Nigeria pour aller faire ses études à Philadelphie. Jeune et inexpérimentée, elle laisse derrière elle son grand amour, Obinze, éternel admirateur de l'Amérique qui compte bien la rejoindre. Mais comment rester soi lorsqu'on change de continent, lorsque soudainement la couleur de votre peau prend un sens et une importance que vous ne lui aviez jamais donnés, quand tout à coup le fait d'être noir ...


Melissa Gandra
Esse é excelente embora seja ficção... A autora é uma mulher sensacional e todas as obras são excelentes.

comentar

Sinopse
Clássico da literatura universal, as histórias de As mil e uma noites estão no imaginário de todos — do Oriente ao Ocidente. É impossível que alguém nunca tenha ouvido falar sobre Ali Babá e seus quarenta ladrões, ou sobre Aladim e o gênio da lâmpada. Ou sobre Sherazade, a mulher sagaz e inteligente que se casou com um homem cruel, e, por mil e uma noites, driblou a morte narrando contos de amor e ódio, medo e paixão, capazes de dobrar até mesmo um rei. Em As mil noites, a história se repete, mas ...


Hellen de nazaré Moreira
A protagonista demonstra ter domínio sobre si mesma e apesar da situação em que se encontra, ela usa usa a inteligência e sua vivência pra sobreviver.

comentar

Sinopse
A Boitempo publica pela primeira vez no Brasil Uma autobiografia, de Angela Davis. Lançada originalmente em 1974, a obra é um retrato contundente das lutas sociais nos Estados Unidos durante os anos 1960 e 1970 pelo olhar de uma das maiores ativistas de nosso tempo. Davis, à época com 28 anos, narra a sua trajetória, da infância à carreira como professora universitária, interrompida por aquele que seria considerado um dos mais importantes julgamentos do século XX e que a colocaria, ao mesmo tempo ...


Borin Boccia


comentar

Sinopse
Cuando los talibanes tomaron el control del valle de Swat en Pakistán, una niña alzó su voz. Malala Yousafzai se negó a ser silenciada y luchó por su derecho a la educación. El martes 9 de octubre de 2012, con quince años de edad, estuvo a punto de pagar el gesto con su vida. Le dispararon en la cabeza a quemarropa mientras volvía a casa de la escuela en autobús, y pocos pensaron que fuera a sobrevivir. Sin embargo, la milagrosa recuperación de Malala la ha llevado en un extraordinario periplo de ...


Daniela Martins
História real e impressionante.

comentar

Sinopse
“A Pequena Guerreira” é um romance baseado na vida de Samia Omar, a menina determinada a ser uma atleta de sucesso que cresceu numa Somália devastada pela guerra. Samia dormia com a foto do campeão olímpico Mo Farah ao seu lado, treinava arduamente apesar da violência e do preconceito que a rodeavam, e conseguiu, contra todas as expectativas, integrar a seleção somali de atletismo, além de participar das Olimpíadas de 2008 em Pequim. Um dia, com a família sob risco de ser irremediavelmente afetad ...


Adriana Lira filbrick
É uma historia real e tocante. Leitura facil! Bela lição de força e coragem.

comentar

Sinopse
Lançado numa época em que o termo "feminismo" nem sequer havia sido cunhado, este livro pode ser considerado, hoje, o marco inicial da prática discursiva da situação feminina. Neste primeiro volume, Simone de Beauvoir aborda os fatos e mitos da condição da mulher numa reflexão apaixonante que interessa a ambos os gêneros humanos.Segundo volume do livro que examina a condição feminina em todas as suas dimensões: a sexual, a psicológica, a social e a política. Os caminhos que podem levar à libertaç ...


Melissa Gandra


comentar


Sua Recomendação




Todas as Perguntas Fazer Pergunta