Natasha Kido
Procuro bons livros de cinema

Recomendações

Sinopse
Durante as décadas de 50 e 60, quando François Truffaut idealizou e realizou a série de entrevistas que resultariam neste livro, Alfred Hitchcock (1899-1980) era visto - sobretudo nos Estados Unidos - como um cineasta mediano e comercial. No entanto, para Truffaut - e para os jovens diretores e críticos franceses da revista Cahiers du Cinéma -, Hitchcock estava entre os maiores cineastas de todos os tempos, ao lado de nomes como Jean Renoir, Federico Fellini, Ingmar Bergman e Luis Buñuel. Com o ...


Adryana Morais
Bem, se você gostou de Psicose, Um corpo que cai ou Intriga internacional, acredito que deva gostar deste livro; ele é repleto de fotografias em preto e branco e conta toda a filmografia do cineasta. ;)

comentar

Sinopse
Um estudo clássico sobre a linguagem característica do cinema, indispensável para estudantes, amantes e praticantes da sétima arte.


Samara Brito korb


comentar

Sinopse
Em 28 de dezembro de 1895, Paris assistiu a primeira exibição pública do "cinematógrapho". Mas nem seus próprios criadores, os irmãos Lumière, acreditavam no sucesso daquele aparelho inicialmente projetado para pesquisas científicas de movimentos. Quase um século depois, o cinema se transformou no mais fantástico criador de ilusões, cuja "impressão de realidade" às vezes se presta à dominação ideológica e comercial.


Bruno Boccia


comentar

Sinopse
Neste livro, construído a partir de uma série de entrevistas que o crítico de cinema Frédéric Strauss fez com o cineasta ao longo de mais de vinte anos, Almodóvar revela como compõe cenários e figurinos e tira proveito de músicas para realçar situações dramáticas. O leitor pode descobrir o que há de autobiográfico em sua obra, quais seus filmes e livros preferidos, a razão de privilegiar as personagens femininas e transformar valores ligados a família, fé e sexualidade.


Cecília Silva


comentar

Sinopse
Não é de hoje que se discute o significado filosófico dos filmes e não são poucas as teses e dissertações que usam o cinema para ilustrar as idéias desse ou daquele pensador. Julio Cabrera, no entanto, vai além da simples comparação entre cinema e filosofia, e mostra que os filmes, muito mais do que servirem como bons exemplos de concepções filosóficas, problematizam o pensamento tradicional de modo radical. Composto por um ensaio inicial onde o autor expõe seu método de análise e 14 ex ...


Samara Brito korb
Filosofia e cinema

comentar

Sinopse
O biógrafo de Woody Allen, Eric Lax, reuniu 36 anos de conversas com o cineasta em Conversas com Woody Allen. Allen fala sobre a elaboração de roteiros, formação de elenco e representação, filmagem e direção, montagem e escolha da música. Ou seja, todo o processo cinematográfico é contemplado nas reflexões do grande cineasta. Além de saciar a curiosidade dos fãs de Allen, que faz comentários por vezes hilariantes, a obra é de leitura obrigatória para os cinéfilos. Na nova edição, o livro vem atua ...


Cecília Silva


comentar


Sua Recomendação




Todas as Perguntas Fazer Pergunta