Giovani Silva
Procuro livros de viajantes naturalista no brasil colonia

Recomendações

Sinopse
As aventuras, peripécias e sufocos do jovem corsário inglês Anthony Knivet são um exemplar dos relatos de viagens pelo Novo Mundo produzidos no Renascimento, e um testemunho sobre o Brasil do século XVI. Traduzido a partir do original inglês de 1625, esta obra traz ilustrações, notas e uma introdução que visa contextualizar a narrativa em sua época.


Priscilla akao Mori
Memórias de um aventureiro inglês que em 1591 saiu de seu país com o pirata Thomas Cavendish e foi abandonado no Brasil, entre índios canibais e colonos selvagens.

comentar

Sinopse
Duas vezes em meados do século XVI, o mercenário e arcabuzeiro alemão Hans Staden (c.1525 - c.1576) aportou nas costas do recém-descoberto Brasil. A primeira, em 1549, passando por Pernambuco e pela Paraíba, e a segunda, em 1550, quando chegou na ilha de Santa Catarina. Na segunda viagem foi preso pelo governador-geral e em seguida capturado pelos índios tamoios. O jovem Staden viveu para contar o que viu - paisagens virgens, riquezas inexploradas e a prática ritual do canibalismo, do qual por mu ...


Priscilla akao Mori
Riqueza de detalhes O livro relata as aventuras de alemão bastante sortudo e que soube utilizar-se da ingenuidade e do medo do desconhecido de nossos índios. O livro é bastante rico em detalhes citando latitudes de localidades conhecidos atualmente (Rio de Janeiro, Santa Catarina, Pernambuco e Bahia), bem como acidentes geográficos marcantes (Serra do Mar). Ao final do livro Hans Staden descreve com muitos detalhes como os índios se pintavam, o que comiam, o que caçavam, como caçavam, como viviam, como construiam suas ocas, além de ter descrito diversos animais e plantas.

comentar


Sua Recomendação




Todas as Perguntas Fazer Pergunta