Eudes cowal
Procuro livros sobre mitologias eslavas, literatura polonesa e contos góticos.

Recomendações

Sinopse
Em 1589, o padre e demonologista Peter Binsfeld fez a ligação de cada um dos pecados capitais a um demônio, supostamente responsável por invocar o mal nas pessoas. É a partir daí que Raphael Montes cria sete histórias situadas em um vilarejo isolado, apresentando a lenta degradação dos moradores do lugar, e pouco a pouco o próprio vilarejo vai sendo dizimado, maculado pela neve e pela fome. As histórias podem ser lidas em qualquer ordem, sem prejuízo de sua compreensão, mas se relacionam de m ...


Weslei Salgado
São contos , alguns originais, outros não com a roupagem que você procura.

comentar

Sinopse
Neil Gaiman tem sido inspirado pela mitologia antiga na criação dos reinos fantásticos de sua ficção. Agora ele volta sua atenção para a fonte, apresentando uma versão bravura das grandes histórias do norte. Na mitologia nórdica, Gaiman permanece fiel aos mitos ao prever o maior panteão dos deuses nórdicos: Odin, o mais alto dos altos, sábios, ousados ​​e astutos; Thor, filho de Odin, incrivelmente forte, mas não o mais sábio dos deuses; E Loki-filho de um irmão de sangue gigante para Odin e u ...


Carolina Borges duarte
Um livro muito bem recomendado para entender o universo nórdico e eslavo.

comentar

Sinopse
Originalmente lançados em 1979, os contos aqui reunidos são prova da sofisticação e criatividade de Ângela Carter. Ao se apropriar de histórias folclóricas como Chapeuzinho Vermelho e a Bela e a Fera, além de personagens míticos como vampiros, lobisomens e entidades sobrenaturais, a autora reconstrói um universo realista que bebe no fantástico. Como quem desmancha um quebra-cabeça, ela reposicionar as peças do feminino, da violência, da sexualidade e do heroísmo em um imaginário inovador e indife ...


Priscilla akao Mori
Originalmente lançados em 1979, os contos aqui reunidos são prova da sofisticação e criatividade de Ângela Carter. Ao se apropriar de histórias folclóricas como Chapeuzinho Vermelho e a Bela e a Fera, além de personagens míticos como vampiros, lobisomems e entidades sobrenaturais, a autora reconstrói um universo realista que bebe no fantástico. Como quem desmancha um quebra-cabeça, ela reposicionar as peças do feminino, da violência, da sexualidade e do heroísmo em um imaginário inovador e indiferente aos paradigmas de sua época. Embora pouco conhecida no Brasil, Ângela Carter é considerada uma das principais escritoràs inglesas do século 20. Sua obra é tão vasta quanto variada: são mais de trinta livros, entre contos, romances, poemas, ensaios e peças. Acumulou diversos prêmios durante a carreira, mas sua grande conquista está no legado artístico e humano de suas palavras. A Câmara sangrenta e outras histórias é um dos melhores exemplos de seus méritos.

comentar


Sua Recomendação




Todas as Perguntas Fazer Pergunta