Não deixe seus livros parados na estante. Troque seus livros com 200 mil leitores. Participe!

CADASTRE-SE

HUMANISMO EM CENA: COMENTÁRIOS DE FILMES À LUZ DO REFERENCIAL TEÓRICO DA ABORDAGEM CENTRADA NA PESSOA

Bruno De Morais Cury
(0) votos | (0) comentários

Sinopse
Dando continuidade ao projeto iniciado em 2010, esta obra reúne artigos de diversos autores espalhados pelo Brasil, escritos por professores, alunos e psicólogos. Mesmo com inúmeras atividades profissionais ocupando-me no momento, continuo sempre assistindo a diversos filmes sempre que possível, bem como utilizando-os em sala de aula para ilustrar os conteúdos lecionados, independente da disciplina. O livro abrange cinco filmes brasileiros, visto a qualidade destes que vem aumentando a cada ano. O cinema nacional ganhou notoriedade e respeito e vem se consolidando a partir, inclusive, do reconhecimento da academia através das premiações anuais da maior autoridade no assunto, o Oscar. São comentados, dentre estes longas, dois documentários. Os outros dezoito filmes variam quanto à sua origem, abrangendo produções europeias (França, Alemanha, Inglaterra, Itália e Áustria), asiáticas (Índia), americanas (EUA e Canadá) e oceânicas (Austrália). Desde que a Abordagem Centrada na Pessoa incorporou-se em minha vida e, principalmente, em mim, basicamente desde 2004 e, mais concretamente, a partir do VII Fórum Nacional realizado em Nova Friburgo, no ano de 2007, venho estado muito preocupado com a produção bibliográfica humanista que, na minha forma de ver, ainda mostra-se precária. Muitos profissionais ainda defendem a ideia de que não devemos nos preocupar tanto com isso e fazendo jus à um jargão que parece-me muito equivocado: a tal ideia de que esta abordagem, ou estilo de vida, é uma “revolução silenciosa”. Preocupar-me, portanto, em sistematizar este tipo de conhecimento, e valorizar os profissionais desta área é, também, contrariamente ao jargão, um grito de protesto. Tenho convicção de que muito do nosso respeito profissional dentro e fora da Psicologia só virá através de publicações, pesquisas sistemáticas e estudos empíricos, como o próprio criador deste jeito de ser, Carl Rogers, defendia. Com as inevitáveis semelhanças entre existencialismo e humanismo, no que diz respeito ao exercício na Psicologia, muitos aspectos da primeira abordagem foram enfocados no livro, onde pudemos contar com o apoio da Filosofia e de autores advindos dela como, por exemplo, Martin Heidegger e outros não menos importantes como Martin Buber. Dedico este projeto à editora CRV, que acreditou e investiu no lançamento do primeiro livro e também nesta continuidade. Deixo um abraço carinhoso aos meus alunos e ex-alunos, fontes constantes de minhas inspirações e devaneios. Aos amigos centrados na pessoa e demais que interessam em serem melhores enquanto humanos e finitos que somos, uma ótima leitura.Bruno de Morais Cury.

Categoria
Editora Crv
ISBN-13 9788580423426
ISBN 8580423422
Edição 2 / 2012
Idioma Português
Páginas 256
Estante 0  0  0   0
Sua estante
5% chance de ser solicitado

CADASTRE-SE


AVALIAÇÃO DO LEITOR
Já leu o livro? Comente!

Quero comentar sobre este livro