Não deixe seus livros parados na estante. Troque seus livros com 200 mil leitores. Participe!

CADASTRE-SE

MUDANÇA, CRISE E VIOLÊNCIA

Gilberto Velho
(0) votos | (0) comentários

Sinopse
Trata-se de um conjunto de textos escrito por um cidadão brasileiro, que é também um cientista social. As mudanças de costumes, novas formas de sociabilidade, o assustador crescimento da violência, associado a uma ampla crise nas relações sociais, são alguns assuntos que, também, me têm mobilizado. — Gilberto Velho MUDANÇA, CRISE E VIOLÊNCIA, de Gilberto Velho, é uma importante contribuição para a vida política e cultural brasileira. O autor — responsável pela formação de toda uma geração de cientistas sociais no Brasil — reuniu nesta obra os melhores artigos publicados na imprensa durante um período de cerca de 20 anos, entre 1979 e 2001, cobrindo um período rico e instigante da história recente do Brasil. Dividido em três partes distintas, o livro aborda temas diversos, analisados através de uma ótica e perspectivas antropológicas. Gilberto Velho dedica especial interesse ao fenômeno da violência, que estaria relacionada a uma violenta transformação ocorrida na ordem dos valores, e suas ligações com o tráfico de drogas, assunto que o autor vem estudando desde os anos 70. A polêmica está presente em vários momentos, como nas discussões sobre a vida universitária — uma preocupação permanente de Gilberto Velho — e análises do governo Collor. MUDANÇA, CRISE E VIOLÊNCIA inclui também uma longa entrevista do autor ao CPDOC-GV (Centro de Pesquisas e Documentação Getúlio Vargas), que serve como um testemunho fundamental para se compreender não só a sua trajetória, mas a formação do campo das ciências sociais no Brasil. Em todo o livro, está evidente o projeto de vincular a atividade acadêmica a uma atuação intelectual crítica que vá além dos limites da universidade, estabelecendo comunicação com um público mais amplo e heterogêneo. A construção dessa ponte e a sua valorização constituem um dos eixos centrais da trajetória do autor e fazem de MUDANÇA, CRISE E VIOLÊNCIA um livro essencial para todos interessados em compreender o Brasil contemporâneo. Gilberto Velho é um dos antropólogos mais respeitados do país, professor titular de antropologia social do Museu Nacional da Universidade Federal do Rio de Janeiro, onde coordenou o Programa de Pós-Graduação e foi chefe do Departamento de Antropologia. Foi presidente da Associação Brasileira de Antropologia (ABA), da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (ANPOCS) e vice-presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). Entre outros livros, publicou A utopia urbana (Jorge Zahar, 1973), Individualismo e cultura (Jorge Zahar, 1981), Subjetividade e sociedade (Jorge Zahar, 1986), Projeto e metamorfose (Jorge Zahar, 1994) e Nobres e anjos (Fundação Getúlio Vargas, 1998). Coordenou várias coletâneas e publicou 130 artigos em revistas e capítulos de livros. É membro efetivo da Academia Brasileira de Ciências. Entre outras condecorações, é portador da Grã-Cruz da Ordem Nacional do Mérito Científico e comendador da Ordem do Rio Branco.
Categoria
Editora Civilização brasileira
ISBN-13 8520006132
ISBN 9788520006139
Edição 1 / 2002
Idioma Português
Páginas 304
Estante 0  0  0   0
Sua estante
10% chance de ser solicitado

CADASTRE-SE


AVALIAÇÃO DO LEITOR
Já leu o livro? Comente!

Quero comentar sobre este livro