Não deixe seus livros parados na estante. Troque seus livros com 200 mil leitores. Participe!

CADASTRE-SE

SYNGUÉ SABOUR: PEDRA-DE-PACIÊNCIA

Atiq Rahimi
(1) votos | (0) comentários

Sinopse
Depois de Terra e cinzas (2002) e As mil casas do sonho e do terror (2003), a Estação Liberdade lança Syngué Sabour — Pedra-de-paciência, novo livro do aclamado escritor afegão. Em persa, syngué significa “pedra”, e sabour, “paciente”. Pedra paciente, a pedra-de-paciência. A personagem central desta obra, uma mulher afegã, vela o marido — que vegeta em uma cama com uma bala alojada na cabeça. Os tempos são difíceis. Na rua, os tanques e as Kalashnikov atiram sem cessar, a guerra civil impera às portas da casa onde a mulher espera por um milagre. Enquanto isso, lentamente a mulher faz jorrar de dentro de si as recordações há muito escondidas. Passa a narrar ao marido fatos que ele sempre ignorara. Como a syngué sabour da mitologia persa, a pedra negra que recebe dos peregrinos suas dores e lamentos, o homem prostrado ouve sua esposa. Ouve a extraordinária confissão da mulher, que lhe segreda, de maneira inimaginável num país islâmico, tudo o que mantivera para si, soterrado sob uma espessa camada de tradição. A ideia para a obra surgiu a partir de um episódio em que Rahmi foi convidado para um evento literário em Cabul por uma amiga, a poeta Nadia Anjuman. Chegando lá, descobriu que a poeta estava morta, por “causas familiares”. Investigando, soube que Nadia havia sido espancada até a morte pelo próprio marido, com a conivência da mãe, pois eles discordavam de seu modo de vida.
Categoria
Editora Estação liberdade
ISBN-13 857448153X
ISBN 9788574481531
Edição 1 / 2009
Idioma Português
Páginas 152
Estante 1  0  0   0
Sua estante
26% chance de ser solicitado

CADASTRE-SE


AVALIAÇÃO DO LEITOR
Já leu o livro? Comente!

Quero comentar sobre este livro