Não deixe seus livros parados na estante. Troque seus livros com 200 mil leitores. Participe!

CADASTRE-SE

URUCUMACUAN

Emanuel Pontes Pinto
(0) votos | (0) comentários

Sinopse
A mitologia e a história, no decorrer dos tempos, continuam maneando, de inúmeras formas, as lutas contra as forças do bem e do mal entre os numerosos grupos nativos excluídos da sociedade e de outros que, apegados aos ranços de capenga cultura burguesa, invadem as áreas de terras onde estão os seus aldeamentos e os massacram. Os erros ideológicos de nossa formação, baseados em premissas discriminatórias irradiadas pelos mensageiros dos beneficiários da servidão colonial, persistem, atingindo os que ainda vivem ligados à natureza e aqueles cuja raça e crenças simbolizam, mais que outros, as alteridades criadas pelos ditames da escravidão que ainda nos marcam. Embora os ¿etnodemonólogos¿ continuem propalando a existência em nosso meio de grupamentos primitivos de pessoas ¿(...) que não são gente como a gente¿, os ecos da iníqua desigualdade estão sumindo e a segregação reduzida pelos crescentes estímulos ao extermínio dos rancores que nos separam. Esta é, afinal, a referência intrínseca no cipoal de fatos, entrelaçados aos mitos, utopias, fábulas, tradições, lendas e contradições, inserida neste trabalho."É a saga do desbravamento e integração do Extremo-Oeste ao conjunto do Brasil, com seus mitos, tradições e utopias ¿ além de muitos episódios de bravura e desprendimento (e outros, menos edificantes) de exploradores corajosos, sábios dedicados e militares devotados.Ancorado em formação erudita, o autor, Emanuel Pontes Pinto resgata sólidas informações sobre as expedições que descobriram passagens fluviais e terrestres que fazem a ligação dos territórios do Centro-Sul com a Amazônia; isto é, entre o Prata e o Amazonas ¿ as duas grandes bacias fluviais da América do Sul. Bem como a consolidação dessas regiões (Mato Grosso, Rondônia e Acre) no espaço brasileiro.Do Peabiru primitivo que corta as terras do Estado do Paraná, passando por missões religiosas e rotas das bandeiras ¿ com seu afã de descobrir pedras e metais preciosos ou capturar índios ¿ até a marcha civilizatória e pacificadora de Rondon, o livro retrata a construção de um Brasil que tornou-se grande pela ação desses heróis de ontem e de hoje.Pelas suas páginas, desfilam personagens que remetem ao século do Descobrimento, passam pela época colonial e marcam esperanças e frustrações do Brasil independente no Império e República, chegando até os dias atuais. De permeio, são reavivados mitos e lendas de uma era remota, como os das mulheres guerreiras indígenas ¿ origem do nome Amazonas ¿, ou das serranias de Urucumacuan e dos Martírios, passando pelas inscrições pré-históricas nas rochas, a indicarem a presença ali de mistérios perdidos na bruma dos tempos.Leitura indispensável para quem deseja conhecer a crônica da formação do nosso país".Rafael de Lala, jornalista, do InstitutoHistórico e Geográfico do Paraná.
Categoria
Editora Ithala
ISBN-13 8561868341
ISBN 9788561868345
Edição 1 / 2012
Idioma Português
Páginas 407
Estante 0  0  1   0
Sua estante
5% chance de ser solicitado

CADASTRE-SE


AVALIAÇÃO DO LEITOR
Já leu o livro? Comente!

Quero comentar sobre este livro