Elisama Omodei
Procuro livros com temática hot nacionais.

Recomendações

Sinopse
Um romance impudico e provocador. Às vezes chocante, às vezes irônico, sempre instigante. Um livro, que, não por acaso, ele dedica às mulheres. Com a deliciosa sugestão de que, realmente, não existe pecado do lado de baixo do Equador.


Priscilla akao Mori
Clarice17/04/2020 Quase todo mundo já deve ter ouvido esse título na boca da atriz Fernanda Torres que esteve (ou será que ainda está?) em cartaz nos teatros com a peça/monólogo homônimo. Eu nunca tive a oportunidade de assistir, mas encontrei na biblioteca da minha faculdade e não pensei duas vezes antes de leva-lo pra casa e devorar em dois dias esse clássico da literatura erótica brasileira. O livro traz uma nota do autor João Ubaldo Ribeiro (1941 - 2014) logo no início que nos informa ter recebido um pacote com a transcrição datilografada de várias fitas gravadas por uma mulher anônima de 68 anos, baiana e residente no Rio de Janeiro o autorizando a publicar esse conteúdo desde que revelando a verdadeira origem. Não estou segura se isso é verdade ou se não passa de um recurso do autor para instigar ainda mais os leitores da coleção Plenos Pecados, mas que essas luxuriosas aventuras sexuais acontecem todos os dias em algum lugar por aí, isso é verdade. E é exatamente isso que as 163 páginas nos oferecem, uma autobiografia sexual dessa mulher misteriosa, o texto é estruturado bem como um monólogo no qual a voz condutora narra uma infinidade de aventuras digamos assim, insólitas. Veja bem, esse livro dispensa puritanos, moralistas, castos e até mesmo os românticos. Pode muito bem ser interpretado como uma verdadeira verborragia de absurdos que beira a apologia ao incesto ou como uma profunda crítica a hipocrisia de décadas passadas que ainda persiste a respeito do tabu que é falar de sexo e de desejos em primeira pessoa, mas só a sua leitura e seu próprio aglomerado de convicções que irão determinar! Podem gostar desse livro os jovenzinhos leitores de romance hot herdeiros de 50 tons (mas vão se assustar um pouco!), leitores de Henry Miller, Anais Nin e cia (não que seja parecido, mas pela experiência de comparar elementos da literatura erótica de países diferentes), ah! Fãs de pornochanchada também vão gostar dessa leitura!

comentar

Sinopse
Escritas sob encomenda para um cliente misterioso nos anos 40 e publicadas postumamente, estas três histórias se entrelaçam como um triângulo amoroso. O basco e Bijou, Manuel e A fugitiva são uma ode ao erotismo. As histórias procuram retratar aventuras sexuais repletas, ao mesmo tempo, da delicadeza de estilo e da pungência sexual.


Lucas Dib
Tenho ele para troca se te interessar. Não sei se vai conseguir solicitar agora, porque tô numa troca

comentar

Sinopse
Este livro, em grande parte escrito na forma de diário, apresenta uma menina de oito anos que vende seu corpo incentivada por seus pais proxenetas. A obra é, sim, obscena e põe em cheque a moralidade dos leitores, pois é quase impossível realizar uma leitura frígida dos relatos de Lori Lamby. Mas, apesar do impacto inicial causado pelo tema da pedofilia, o livro vai muito além. A própria literatura é alvo de obscenidades - gêneros intercalados, cartas, relatos, citações pervertidas de grandes aut ...


Priscilla akao Mori
Wags12/02/2017A famosa banana Na minha entrevista favorita de Hilda Hilst, feita em 1990, pelo lançamento de "O Caderno Rosa de Lori Lamby" ela diz: "Não é um livro, é uma banana", satirizando o fato de agora sim fazer algo rentável, estou me apessoando muito com a obra da dona Hilda, e fico até meio triste, pois se ela fosse escritora em outro país talvez ela se saísse muito melhor em matérias de vendas e reconhecimento, mas quem sabe não teríamos as pérolas da Trilogia Pornográfica, que está longe de ser pornografia. A bandalheira fica em segundo plano, quando vimos a crítica refinada que Hilda joga ao mercado editorial, que durante quarenta anos de carreira só "cuspiu na sua cara", como ela mesma diz. O livro é muito controverso sim, chocante, mas acima de tudo muito engraçado, eu consigo até pensar na Hilda escrevendo as páginas e rindo com um deboche imenso enquanto tecia sua pornografia pra crianças, como uma forma de vingança, ou simplesmente uma grande brincadeira pra assustar os falsos moralistas e cidadãos de bem, que tanto existem pelo Brasil afora. Hilda é ferrenha, certeira e não deixa passar nada, além de ser muito flexível, mesmo sendo menos sério, esse trabalho ainda conserva a boa prosa hilstiana cheia de armadilhas para que o leitor se safe, e que obtenha sua recompensa ao final, final esse que é uma grande surpresa, e um alívio (eu pelo menos achei uhahuahau). Lori Lamby é totalmente repugnante. Repugnantemente extrovertido, repugnantemente engraçado e repugnantemente bom. Agora entendo Alcir Pécora (meu bom amigos dos seiscentos ibéricos, e agora da obra hilstiana) quando ele dá motivos do porque ler Hila Hilst, e creio ser uma leitura obrigatória para manter viva a imagem de uma das maiores escritoras do século XX no Brasil, e também como uma forma de dar justiça a uma figura genial que tanto tempo foi escondida pelas crueldades do mercado editorial brasileiro. E, por fim, parafraseando Hilda: "Eu espero que dessa vez me leiam na cápsula,no bond

comentar

Sinopse
Segundo os autores desta obra, o Brasil é considerado o terceiro maior mercado produtor de filmes pornôs do mundo. Este livro pretende abordar o tema do cinema pornô no Brasil, desde sua origem, a primeira produção, os envolvidos. O livro conta também com entrevistas de atores, produtores e parentes.


Paulo vinícius Faria pereira
O livro conta os bastidores e a história por trás da produção de Coisas Eróticas, o primeiro filme pornô brasileiro, mostrando tudo que o filme representou para o cinema nacional da época.

comentar

Sinopse
Charlotte Middleton é mimada e infantil. Uma garota rica, cheia de vontades e com um único objetivo na vida: ser uma grande escritora. Prestes a se formar com honras em Letras e Literatura, ela se depara com um grande problema: O professor. Seus sonhos são despedaçados quando Alex Frankli resolve reprová-la em seu último semestre. O motivo? Ela não sabe descrever os sentimentos corretos para seus personagens. Em um jogo eletrizante, Alex guiará sua pupila por uma jornada de prazer e intensas e ...


Letícia Faria
Essa série de livros é hot e nacional, a série é composta por 4 livros

comentar

Sinopse
Cinco autoras, cinco histórias arrasadoras para passar o Dia dos Namorados amando de todas as formas. Não existe um jeito certo de amar nem a hora certa para o amor chegar. O amor pode aparecer no supermercado depois que a porta se fechar, que mal tem? Ou quem sabe aparecer através de uma forma pura, meiga e delicada como em uma linda dança de balé? Ao espiar por uma janela proibida, quem sabe você se depara com aquele garoto de olhos azuis que sonha? Você pode viver uma aventura deliciosa, ...


Letícia Faria
Esse livro é um livro hot nacional de contos de algumas autoras brasileiras, leitura leve e rápida

comentar

Sinopse
Todos nós éramos pecadores. Somente uma coisa diferenciava um pecador: as escolhas. Saber o certo e escolher seguir pelo caminho errado em vez de fazer o que era correto. Fechei os olhos. Apesar de tudo que tinha feito naquela noite, não me arrependi. Era pecado, era perdição, mas também era mais do que eu já tinha sonhado em ter. ––– Entre a rígida criação religiosa e o desejo que sempre a consumiu, Isabel precisa se encontrar. Casada há quatro anos com Isaque, seu namorado de adolescência, a jo ...


Letícia Faria
Livro hot nacional, envolvendo até mesmo alguns preceitos e questões má vistas em religiões

comentar


Sua Recomendação




Todas as Perguntas Fazer Pergunta