Ronaldo Coutinho pereira
Qual o melhor livro de ficção-cientifica que você já leu?

Recomendações

Sinopse
Um motorista parado no sinal se descobre subitamente cego. É o primeiro caso de uma "treva branca" que logo se espalha incontrolavelmente. Resguardados em quarentena, os cegos se perceberão reduzidos à essência humana, numa verdadeira viagem às trevas. O Ensaio Sobre a Cegueira é a fantasia de um autor que nos faz lembrar "a responsabilidade de ter olhos quando os outros os perderam". José Saramago nos dá, aqui, uma imagem aterradora e comovente de tempos sombrios, à beira de um novo milênio, im ...


Marisa K. marques
Para mim o melhor de todos os tempos e leituras. Apesar de ficcional não se esgota em si mesmo e nos faz pensar sobre a sociedade e na nossa cegueira branca diária. A Caverna também é excelente. Ainda não terminei As Intermitências da Morte, mas acredito que é outro sensacional.

comentar

Sinopse
O romance de ficção científica 'O Jogo do Exterminador' foi originalmente lançado nos Estados Unidos em 1985 e recebeu os prêmios Nebula 1985 e Hugo 1986 - os dois principais prêmios da ficção em língua inglesa. O livro também esta na lista de clássicos de John Clute, considerado um dos mais importantes críticos do gênero.


Priscilla akao Mori


Vale muito a pena, tanto o primeiro livro como as duas primeiras continuações. - Gabriel Lucas
Esse realmente é muito bom. E mais recentemente tem o filme para assistir (Ender's Game). - Maurício
comentar

Sinopse
Winston, herói de 1984, último romance de George Orwell, vive aprisionado na engrenagem totalitária de uma sociedade completamente dominada pelo Estado, onde tudo é feito coletivamente, mas cada qual vive sozinho. Ninguém escapa à vigilância do Grande Irmão, a mais famosa personificação literária de um poder cínico e cruel ao infinito, além de vazio de sentido histórico. De fato, a ideologia do Partido dominante em Oceânia não visa nada de coisa alguma para ninguém, no presente ou no futuro. O’Br ...


Filipi gustavo Morais sousa moura
Pode ser considerado ficção científica, porque tem vários elementos comuns ao gênero - previsões do futuro, tecnologia que não existia na época, etc. É a maior das distopias.

comentar

Sinopse
Considerado um dos maiores clássicos da literatura de ficção científica, O guia do mochileiro das galáxias vem encantando gerações de leitores ao redor do mundo com seu humor afiado. Este é o primeiro título da famosa série escrita por Douglas Adams, que conta as aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect. A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enqu ...


Fernando Dobbin
A série é um fenômeno mundial e uma referência no universo da ficção científica.

comentar

Sinopse
A vida do jovem Paul Atreides está prestes a mudar radicalmente. Após a visita de uma mulher misteriosa, ele é obrigado a deixar seu planeta natal para sobreviver ao ambiente árido e severo de Arrakis, o Planeta Deserto. Envolvido numa intrincada teia política e religiosa, Paul divide-se entre as obrigações de herdeiro e seu treinamento nas doutrinas secretas de uma antiga irmandade, que vê nele a esperança de realização de um plano urdido há séculos. Ecos de profecias ancestrais também o cercam ...


Átila Vieira


comentar

Sinopse
Ubik é uma irreverente história sobre a morte e a salvação escrita pelo consagrado escritor americano Philip K Dick. Foi eleito em 2005 pela revista Times um dos cem melhores romances de língua inglesa, publicados a partir de 1923. Em uma sociedade futurista, Glen Runciter é dono de uma empresa responsável por rastrear psis, indivíduos com habilidades especiais, como telepatas e precogs. Ele e seus funcionários caem na armadilha de uma empresa rival, e Runciter morre. Seus funcionários passam a r ...


Roberto benedito Pimentel
Livro fantástico, com reviravoltas o tempo todo, fala da morte e de um estado entre a morte total e uma pré morte onde o ser humano é mantido em uma forma de limbo antes de morrer totalmente, personagens fantásticos com poderes muito singulares e um herói muito comum.

comentar

Sinopse
Por alguma razão incompreensível, parte da crítica não gostou do livro. É uma das melhores narrativas de CDS, bem superior à sua produção na época, com capítulos bem elaborados, cenas bem escolhidas e enxutas, apresentando uma “invasão” alienígena bastante diferente, como o autor costuma apresentar, ao mesmo tempo em que elabora uma crítica à sociedade consumista norte-americana e, por extensão, mundial. Os aliens que chegam repentinamente à Terra são como caixas escuras, enormes, que aterram e i ...


Ronaldo Coutinho pereira
Pra mim o que mais me fascinou até hoje foi esse e pouca gente conhece: É uma das melhores narrativas desse autor que é um pouco desconhecido por aqui, com capítulos bem elaborados, cenas bem escolhidas e enxutas, apresentando uma “invasão” alienígena bastante diferente, como o autor costuma apresentar, ao mesmo tempo em que elabora uma crítica à sociedade consumista norte-americana e, por extensão, mundial. Os aliens que chegam repentinamente à Terra são como caixas escuras, enormes, que aterram e imediatamente capturam alguns seres das imediações, inclusive um homem, estudando-os e depois deixando-os sair. E começam a comer todas as árvores de uma floresta, deixando atrás de si pequenos “pacotes” de celulose, que serão a alimentação de novos seres a que darão cria. Qualquer tentativa de contato resulta infrutífera, assim como qualquer ataque. Eles são simplesmente alheios à presença humana. Repentinamente, os seres começam a fabricar carros com o mesmo material de que eles são feitos, carros que voam e não usam combustível, causando uma crise na economia. Depois dos carros, casas e tudo o que os seres humanos podem precisar, terminando por derrubar o sistema econômico e social sobre o qual a humanidade está estruturada. Um dos mais interessantes livros sobre contatos com alienígenas, justamente por não apresentar nenhum juízo de valores. Os seres são impenetráveis, de forma que não se pode sequer saber se existe a intenção de uma invasão. Uma beleza.

comentar

Sinopse
Uma sociedade inteiramente organizada segundo princípios científicos, na qual a mera menção das antiquadas palavras pai e mãe produzem repugnância. Um mundo de pessoas programadas em laboratório, e adestradas para cumprir seu papel numa sociedade de castas biologicamente definidas já no nascimento. Um mundo no qual a literatura, a música e o cinema só têm a função de solidificar o espírito de conformismo. Um universo que louva o avanço da técnica, a linha de montagem, a produção em série, a unifo ...


Camila Melo marques
Esse é um clássico.

comentar


Sua Recomendação




Todas as Perguntas Fazer Pergunta